changes

“wow, you’ve changed a lot”.

“I can’t even recognize you”.

I’ve been hearing these words too much these days.

Old friends trying to make me feel sad, awkard and lonely.

But for me, this is a compliment.

Yes, I changed. I don’t accept any negativity in my life, I won’t accept nothing that hurts me or that makes me feel guilty.

I will fight for what I want, and I will finally be who I am.

“Weaving my wings from many-colored yarns
Flying higher, higher, higher
Into the wild

Weaving my world into tapestry of life
It’s fire golden
In my walden”

sobre amizades que murcham

 

Quando você percebe que não tem amigos.

Que nunca teve.

Que pode contar os  verdadeiros numa mão (ou em poucos dedos. Ou em algum).

Que só haviam várias pessoas negativas à tua volta. Que os tais amigos se aproximavam por algum interesse, e assim se mantinham.

Pessoas que falavam mal de ti quando podiam. Que não te traziam nada de bom. Só fardos e mais fardos, peso, culpa.

Pessoas que não entendem teu jeito. Teu ponto de vista, teus problemas, tuas tristezas. Que só te afundavam mais – mesmo quando diziam estar tentando ajudar.

Liberte-se. Esse fardo não é teu. Não é tua culpa. Tu não precisa aguentar nada que não te faça bem. Eu não preciso aguentar.

Me libertei.

tumblr_n2p4clfz8j1tp5nn0o1_400